Livro – Pregação Pura e Simples 3


0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Quando me indicaram o livro Pregação Pura e Simples, asseguraram-me que ele era um “curso” completo de homilética (para quem não sabe, homilética é a parte da teologia que estuda a pregação). Confesso que achei um exagero. Como um livro de pouco mais de 150 páginas poderia traduzir tudo a respeito da pregação?

Depois de lido o livro, eu posso dizer que não afirmaria que trata-se de um curso completo de homilética, porém não tenho medo de assegurar que o mesmo corresponde a 90% daquilo que se espera do assunto.

A obra foi escrita por Stuart Olyott, que nasceu no Paquistão, foi criado na Ásia, Inglaterra e País de Gales. Pastoreou diversas igrejas e hoje divide seu tempo entre o comando da Pastoral do Movimento Evangélico do País de Gales, mais o trabalho de escritor e conferencista em várias partes do mundo.

Pregação Pura e Simples é um livro de fácil leitura. A concepção dele tem tudo haver com o seu título. O que Olyott procura fazer nesta obra é apresentar a arte da pregação como algo plenamente acessível a qualquer mortal. Para tal, o autor divide seu trabalho didaticamente em três partes distintas.

Na primeira parte, Olyott busca conceituar o que é pregação. Segundo o autor existe uma confusão reinante em nosso meio de que a pregação pode apresentar diferentes formas, dependendo do momento. Ele diz que é um grande equívoco pensar em pregações evangelísticas, ou pregações bíblicas (ou doutrinárias) e etc. Para alcançar seu objetivo, o autor destaca quatro palavras que aparecem no NT quando o assunto é proclamar a Palavra de Deus. São elas:

  • Kerusso – de onde origina-se a palavra kerigma. Trata do ato de proclamação por um arauto. Arauto é aquele que fala da parte de um rei. A pregação tem o caráter de proclamar as palavras do Rei, nosso Deus e Senhor, Jesus Cristo.
  • Euangelizo – De onde vem a nossa palavra evangelizar, e quer dizer boas novas. Pregar é trazer a mensagem de esperança em Jesus.
  • Martureo – É o ato de dar testemunho por algo que já aconteceu, que foi um fato. Pregar é testemunhar a vida, o ministério e o poder de Cristo.
  • Didasko – de onde vem a palavra em português didática. Pregar é ensinar as verdades bíblicas de modo que promovam mudança ou ação permanente.

A idéia defendida por Olyott é que não há pregação genuinamente bíblica sem estes quatro elementos agindo ao mesmo tempo.

Já a parte de dois do livro traz sete elementos indispensáveis para uma pregação excelente. São eles a Exatidão Exegética, o Conteúdo Doutrinário, uma Estrutura Clara, conter Ilustrações Vívidas, convidar a uma Aplicação Penetrante, ser pregada de maneira Eficiente (boa oratória) e ter Autoridade Sobrenatural (espiritual).

A última parte é composta de um método pratico de elaboração de sermões.

Uma obra atual, rica e extremamente prática, que deve fazer parte da biblioteca dos aspirantes, bem como dos mais experientes pregadores.

Deus o abençoe.

Ficha Técnica:

Pregação Pura e Simples
Autor: Stuart Olyott
Editora Fiel
ISBN: 859914540-4
Paginas: 160
Formato: 14 x 21
Peso: 0.190 Kg
Site: http://www.editorafiel.com.br/detalhes.php?id=9103&tipo=2


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 pensamentos em “Livro – Pregação Pura e Simples

  • 123abcsilvia

    Amei este trecho,as pessoas tem se preucupado,em como falar em público do que em falar do verdadeiro amor de Deus;por isso poucas pessoas tem se voltado para Cristo.A verdadeira pregação é aquela em que colocamos Jesus Cristo em primeiro lugar.

    • Fabio Marchiori Autor do post

      Olá 123acbsilvia,

      Muito obrigado pelo seu comentário no BereiaBlog. De fato, Jesus deve ser o centro de toda pregação, mas será que isso tem acontecido nos igrejas? Eu acho que não. Precisamos mudar isso.

      Deus abençoe.

      Fabio Marchiori