Assista ao Filme “O Livro de Eli” 3


0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

No último final de semana fui ao cinema assistir “O Livro de Eli”. Longe do que muitos internautas cristãos noticiaram, não se trata de um filme “gospel”. E põe longe nisso. Talvez o equivoco deve-se ao fato de um exemplar da Bíblia ser o objeto central do enredo.

O filme retrata um mundo pós-apocalipse, que vaga totalmente sem lei e sem rumo (só por este fato já podemos dizer que não tem nada há ver com o relato bíblico).  O mundo como conhecemos é devastado por uma guerra sem precedentes, e os poucos que sobrevivem creditam o insucesso da existência humana à Bíblia. Portanto, todos os exemplares existentes no planeta são destruídos.

Trinta anos depois deste contexto surge o embate dos dois personagens principais da trama, Eli (Denzel Washington) e Carnegie (Gary Oldman). Eli é um andarilho que possui a única Bíblia do mundo, e é guiada por “uma voz interior” a levar esta Bíblia para o oeste. Já Carnegie é um homem poderoso, que controla uma das poucas fontes de água existente, e que acredita que o seu poder sobre os homens aumentará muito se ele conseguir controlar as pessoas através da fé, e por isso trava uma batalha frenética com Eli pela posse da Bíblia.

Apesar de não ter nenhum conteúdo bíblico, eu acredito que todo cristão deve assistir a este filme.  Algumas lições são muito interessantes.

A primeira delas é o que se alude ao  acesso a Palavra de Deus. No filme, Eli é um sobrevivente da antiga sociedade, e dá testemunho para uma jovem sobre como as pessoas “descartavam coisas, que hoje (no contexto do filme) morreríamos por elas”. Por isso Eli valorizava demais a sua Bíblia. Ele leu a Palavra de Deus durante os trinta anos de sua peregrinação, sem falhar nenhum dia. Este comportamento remete a situação que o evangelho vive atualmente. Pelo menos no nosso país temos acesso livre a Bíblia, e muitas vezes abdicamos de usufruir desta liberdade. Por ler a Bíblia sempre, Eli tinha cada palavra dela guardada na sua mente e no seu coração. Hoje muitos irmãos sequer sabem quantos livros compõe a Bíblia, ou quais são estes livros.

Pouco tempo atrás, passei uma experiência desagradável neste sentido. Ministrando um estudo bíblico pedi para que os irmãos abrissem suas Bíblias no livro do profeta Naum. Para meu espanto alguns dos crentes reunidos, e muitos deles com mais de 20 anos de conversão, não sabiam que existia um livro na Bíblia chamado Naum!! (Se vc não sabe, Naum fica depois de Miquéias e antes de Habacuque). Eu acredito que temos que adotar com urgência a atitude de Eli. Ler a Bíblia sempre, e guardá-la em nossos corações.

Outro ponto importante do filme está na pessoa do personagem Carnegie. No filme, ele comete as maiores atrocidades para possuir  um exemplar da Bíblia. Faz isso porque acredita que a Bíblia é uma arma poderosíssima que garantirá a sua supremacia. Carnegie crê que a Bíblia pode proporcionar a ele uma obediência incondicional e cega das pessoas,  mediante a fé,  como “muitos já fizeram no passado”. O personagem está referindo-se ao que vivenciamos hoje. Multidões sendo manipuladas por líderes que usam a Palavra de Deus de maneira deturpada, com suas próprias interpretações que não tem nenhum amparo na Palavra da Verdade. Líderes que manejam a boa fé das pessoas para benefício pessoal e usam para isso a Palavra de Deus. Falo dos bispos e “apóstolos” de plantão que enriquecem a custa de pobres fiéis, com suas mansões, jatinhos particulares, mega templos e etc. Eli foi tentado por Carnegie a render-se ao seu sistema. Prometeu uma vida cheia de vantagem e regalias. Eli, sendo fiel aos princípios do “livro que ele lia”, recusou. Que nós façamos o mesmo. Por favor, não compactue mais com pessoas que manipulam, usando indevidamente a Palavra de Deus. Entenda que se um dia você entregou sua vida para Jesus, você não pertence à igreja do bispo tal, ou do apóstolo fulano ou do pastor cicrano. Você pertence a Jesus e deve obediência somente a sua Palavra, que por sinal você tem livre acesso.

Poderíamos ainda escrever muito mais, mas eu creio que por hora é o suficiente. Entretanto, convido você a assistir a este filme e se colocar em estado de reflexão. Acredito que você tirará outras grandes lições do filme.

Deus o abençoe.

Fabio Marchiori Machado


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 pensamentos em “Assista ao Filme “O Livro de Eli”