Minha relação com os demônios 6


0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Antes de você começar a ler este artigo, responda algumas perguntas:  Como é sua relação com Jesus? Você pode dizer que se arrependeu dos seus pecados e entregou sua vida a Ele? Você pode considerar-se uma “pessoa de Deus”? Respondeu? Então vamos adiante!

Uma das coisas mais presente no meio evangélico ultimamente é o diabo e seus comparsas, os demônios. Existe demônio de tudo o que é tipo para explicar qualquer coisa que dê errado na vida do crente. Em algumas igrejas, os demônios tem mais espaço, e às vezes até mais ibope, do que o próprio Deus. Dizem que eles ingressam na vida das pessoas de diversas maneiras, por “mau olhado”, por inveja, por causa da roupa que você veste e etc. O mais incrível é que existem muitos crentes hoje que se gabam por  ter demônios atrapalhando a sua vida. Afirmam que isso só ocorre com quem é muito fiel a Deus, pois esta pessoa “incomoda” o diabo.

Minha opinião: Ao contrário do que muitos dizem, eu não creio que o mundo é do diabo e não creio, muito menos, que um demônio possa fazer algo contra a minha pessoa. Por quê? Porque eu creio plenamente no poder de Deus e de Seu filho Jesus, poder este que emana das Escrituras Sagradas. Minha tese é embasada em duas passagens bíblicas:

 

” no qual temos a redenção, a remissão dos pecados.  Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;  pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele.  Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste.” (Colossenses 1:14-17)

 

” Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado; antes, Aquele que nasceu de Deus o guarda, e o Maligno não lhe toca.  Sabemos que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno. ” (1 João 5:18-19)

 

A primeira questão a considerar é que o domínio do mundo não está nas mãos do mal, e sim de Jesus. Muitos acreditam que nossa existência terrena é governada pelo maligno por causa do versículo “… e o mundo inteiro jaz no Maligno” (Jo 5.19). É verdade, o mundo jaz no Maligno. O segredo aqui é entender a palavra “jaz”. “Jaz” é a terceira pessoa do singular do verbo “jazer”, que em miúdos quer dizer “morrer”. Então quando João diz que o mundo jaz no Maligno, ele, nem de longe, quer afirmar que o diabo domina a criação. Na verdade, neste capítulo (5) de 1Jo o apóstolo está discursando sobre o pecado, e o versículo quer mostrar que por causa do pecado o mundo, fora os que são do Senhor, estão condenados a morte eterna. Perceba que nos versículos 18 e 19 o autor vai fazendo uma série de exclusões para aqueles são nascidos de Deus.

Não obstante, há ainda o texto de Cl 1. O primeiro capítulo da epístola aos colossenses é certamente um dos maiores tratados teológicos sobre a pessoa e a obra de Jesus. Neste texto, Paulo menciona por duas vezes que Jesus é o “primogênito” (da criação – v.15 e dos mortos v.18). Num contexto do mundo antigo, portanto o tempo em que foi escrito a epístola, a primogenitura não designava o primeiro filho, mas sim o que teria maior parte sobre a herança e, principalmente, aquele que tomaria o lugar do patriarca da família, incluindo todo seu poder e domínio sobre ela. Este texto, principalmente os versículos destacados acima, coloca Jesus numa posição de soberania sobre a criação, ou seja, Ele tem todo o poder e domínio sobre tudo o que Deus criou, inclusive os demônio que nada mais são do que anjos destituídos da glória de Deus. Tudo foi criado por meio dele e para ele.  Ele é antes de todas as coisas”. Caso queira entender melhor este assunto veja o estudo “Jesus, o Senhor – Reflexões a partir de Cl 1”, no BereiaBlog.

Outro ponto da minha tese é o fato de demônios terem poder sobre a vida de crentes. Sinceramente, eu não creio que tal coisa aconteça porque o texto de 1Jo é bem claro, “…Aquele que nasceu de Deus o guarda, e o Maligno não lhe toca”. O diabo não tem este poder e ponto final. Além do mais, eu creio, com toda a força da minha alma e coração, que não existe nada mais poderoso que Jesus, aquele que sofreu uma martírio sem precedente,  morreu pregado numa cruz e ressuscitou dos mortos, não por vanglória, mas por amor ao Pai e a mim. Não creio que exista um demônio apenas neste mundo que chegue aos pés do que é Jesus, e se eu pertenço a Ele, automaticamente Ele me guarda (1Jo5.18) e me afasta de todo ação maligna. No mundo teremos problemas, aflições e decepções (Jo 16.33), mas todas estas coisas estão debaixo da ação, dos propósitos e do plano do Senhor.

Para finalizar, quero lhe assegurar, no poder das santas escrituras, que se você respondeu positivamente as perguntas do começo artigo, o único que tem poder sobre sua vida é Jesus, o Senhor! Amém!

Deus o abençoe.

Fabio Marchiori Machado


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 pensamentos em “Minha relação com os demônios

  • adilson

    É irmão, tem pastor que se os demônios fizerem greve o culto terá que ser suspenso, pois não terão e nem saberão o que pregar. Sabe que um dia eu estava vindo de carro pela Rodovia Waschington Luis, quando passei pela cidade de Rio Claro a radio FM que eu estava sintonizado perdeu o sinal. Neste momento entrou no seu lugar outra rádio, uma dessas neopentecostal. Acho que devia ser pirata. Fiquei assustado, pois, achei que eu poderia estar endemoniado (Ah, Ah, Ah).Coisa de louco! Explico. O pastor maluco fazia uma oração fervorosa para reprender o demônio da calvice. Não preciso nem dizer que sou calvo? Pensei, será que se eu for nessa igreja o meu cabelo vai nascer novamente.Olha fiquei tentado,mas depois pensei no preço do corte de cabelo e outras despesas mais que uma vasta cabeleira dá e, cheguei a conclusão: deixa como está. Afinal de contas, estou fazendo uma boa economia. Sendo assim, acho que sou “prospero”. E pra falar a verdade esse tal demônio da calvice até que não é tão mal assim.

    • Fabio Marchiori Autor do post

      Ai Adilson, vc é hilário!! Olha eu já ouvi falar de tudo que é demônio, mas da calvice é demais!!

      Muito obrigado, em especial, por esta sua participação. Dei boas risadas.

      Deus o abençoe e continue nos presenteando com seus comentário.

      Fábio Marchiori

  • Leandro Serafim

    AHUAHUAHUA
    Adilson esse tb nunca tinha ouvido falar.
    Tem varios videos de internet que mostram o que o artigo trata, muitos pastores temem mais os demônios do que o próprio Deus.

  • jessiane

    parabéns pelo artigo… ainda bem que faço parte de uma igreja onde isso não acontece, mas já visitei igrejas assim, tbm ja vi pela tv….tem lugares que chega a incomodar… mto bom alguem abordar o assunto… o nome do Senhor Jesus deve ser engrandecido e falado em todo lugar…

    • Fabio Marchiori Autor do post

      Olá Jessiane.

      Muito obrigado por seu comentário. Como defendemos sempre, Jesus é o Senhor de tudo, nada está acima Dele.

      Deus abençoe.

      Fabio Marchiori.