Você ama a cruz? 2


0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

A cruz. Eu amo a cruz de Jesus. Não aquela de madeira que ornamenta igrejas ou ade metal que muitos carregam em seus pescoços. Não tenho um relacionamento místico com a cruz, como se ela fosse um talismã a me proteger de todo mal, mas sim um relacionamento com aquela cruz, que foi estacada lá no “Lugar da Caveira” (Mt 27.33). Meu amor está relacionado a tudo o que aquela cruz representa na minha vida. Mais do que amor, minha alegria está nela.

Infelizmente hoje as pessoas, mesmo os cristãos mais “fervorosos”, falam pouco daquela cruz. Ela segue esquecida por muitos pregadores. O povo comum da igreja, então, tem um conceito muito longínquo de tudo aquilo que ela representa.

Jesus foi morto naquela cruz. Nela, Jesus sofreu o que eu deveria sofrer para pagar pelos meus pecados, todos eles. E não só o meu, mas o de todos que se colocam debaixo do Seu nome. É triste ver pessoas que buscam em Jesus solução para seus problemas terrenos, como dinheiro, saúde, status, ou ainda aqueles que ludibriados por seus pastores sofrem por não ter certeza se irão estar no céu com Jesus. Como depois de tamanho sacrifício, onde Jesus esvaziou-se, sofreu humilhações, foi desprezado, sofreu dores inimagináveis num calvário impressionante, alguém pode colocar nos esforços humanos a capacidade de gozar a eternidade?

Os apóstolos sempre tiveram seu ministério focado na cruz de Cristo. Pedro diz em 1Pe 2.24 que Jesus carregou “ … ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados”. Já Paulo diz em Gálatas 3.13 que “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ele próprio maldição em nosso lugar”. Esta maldição é referência ao texto de Dt 21.22-23 que diz que todo aquele que for pendurado em um madeiro (cruz) é maldito perante Deus.  Por isso Deus abandona Jesus na hora do seu sofrimento na cruz, pois naquele momento Jesus encontrava-se maldito perante Deus por causa dos nossos pecados. Isso muito me impressiona!!

A verdade é que poucos mantem uma fé ligada a este momento tão importante da vida de Jesus. É muito simples constatar isso. Neste ano quantas vezes você ouviu um sermão falando sobre a cruz de Jesus? Eu garanto que, tirando os momentos de celebração da Ceia do Senhor, o texto de Malaquias 3 é muito mais lembrado nos cultos do que os que fazem referência a morte de Jesus para justificação.

Está mais do que tarde trazermos Jesus e sua cruz para o centro do propósito da Igreja. Chega de querer conforto, prosperidade, boa vida. Não foi para isso que fomos criados. O que temos que fazer é amar e viver esta cruz. Eu quero ser digno de Jesus e carregar esta cruz em mim, para cumprir o que diz Mt 10.38:

” e quem não toma a sua cruz e vem após mim não é digno de mim.”

Para finalizar, eu peço que você procure refletir sobre este tema. Como tem sido sua relação com a cruz de Jesus? Você ama esta cruz e tudo o que ela representa para sua fé, de uma maneira realmente verdadeira? Entenda que só há salvação na morte e ressureição Jesus, e que um dia, quando Cristo vir buscar a sua Igreja, esta cruz que muitas vezes nós hesitamos em carregar será substituída por uma coroa, não de ouro, mas uma de vida eterna na presença da glória de Deus.  Não há nada nesta vida que se compare a isso.

 

Deus o abençoe.

 

Fabio Marchiori Machado.

P.s.: Este texto foi inspirado no hino do rev. George Bennard – The Old Rugged Cross, conhecido no Brasil como a Mensagem da Cruz ou Rude Cruz. Segue abaixo uma de suas traduções ( a que eu considero melhor) para apreciação.

A Mensagem da Cruz

1. No Calvário se ergueu uma cruz contra o céu,
Como emblema de afronta e de dor.
Mas eu amo essa cruz: foi ali que Jesus
Deu a vida por mim, pecador.

Sim, eu sempre amarei essa cruz!
Seu triunfo meu gozo será,
Pois um dia, em lugar de uma cruz,
A coroa Jesus me dará!

2. Desde a glória dos céus, o Cordeiro de Deus
Ao Calvário humilhante baixou;
Tem a cruz para mim atrativos sem fim:
Nela foi que Jesus me salvou.

3. Lá na cruz padeceu, desprezado morreu
Meu Jesus, para dar-me perdão;
Dela agora porém para mim todo o bem
Tenho nela real salvação.

4. Eu aqui, com Jesus, a vergonha da cruz
Quero sempre levar e sofrer.
Quando Cristo voltar para aqui me buscar,
Sua glória eu irei receber

 

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 pensamentos em “Você ama a cruz?

  • Nilton Marchiolli

    Graça e paz.

    Bom texto. Cremos que o texto está muito lúcido, portanto dispensa comentários.
    A mensagem da cruz, graças a Deus, tem ocupado a parte central das reuniões que fazemos em nossa igreja.
    Precisamos trazer o povo de volta ao evangelho, e evangelho sem cruz, não é o evangelho autêntico.

    • Fabio Marchiori Autor do post

      Olá Nilton,

      Muito obrigado pela suas palavras. Fico feliz em saber que em sua igreja o cruz tem lugar central. Devemos orar por aquelas igrejas onde isso não é a realidade.

      Deus o abençoe.

      Fabio Marchiori Machado.