Templo de Salomão? Aqui no Brasil? 8


0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Recentemente a IURD (Igreja Universal do Reino de Deus) anunciou o princípio de um ambicioso projeto. O plano é construir uma nova igreja, no bairro do Brás (São Paulo), fazendo dela uma réplica do Templo de Salomão. Na Bíblia, o Templo de Salomão, como é conhecido o primeiro Templo, foi edificado, provavelmente, entre os anos de 966-959 a.C.

Sinceramente, não me incomoda nem um pouco o fato da IURD construir uma igreja como réplica do Templo de Salomão. Cada um faz sua igreja da maneira que bem entende. Para falar a verdade, acho até interessante ver uma réplica do templo, como se fosse uma peça de museu bíblico. Pelo pouco que eu pude entender do projeto, a construção será similar quanto ao seu exterior, além de conter uma réplica da Arca da Aliança dentro da igreja. As semelhanças param por aí. Neste novo prédio, que terá duas vezes a altura da estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, haverá várias salas administrativas, salas de aula, estacionamento para 1.000 veículos, e até vários estúdios de televisão e de rádio. Nada parecido com o interior do Templo construído por Salomão.

O que me preocupa nesta história toda é como o povo freqüentador da IURD está vendo este empreendimento. Conversei com várias pessoas e li muitos comentários em páginas de notícias na internet. Digo que estou um pouco apreensivo (para não falar muuuuito preocupado!).

A minha inquietação tem um grande motivo. Muitos destes freqüentadores da igreja vêm como se o Templo do Senhor fosse, de fato, ser reconstruído em São Paulo, imbuído de todo o poder e mística que o Templo em Jerusalém tivera um dia. Em suma, existe muito membro da IURD, e de outras igrejas evangélicas, acreditando que o verdadeiro Templo será restaurado aqui e que todo o poder de Deus estará habitando naquele lugar, da mesma maneira que relatado no Antigo Testamento. Um dos seus argumentos são as pedras que a IURD está importando de Israel para construção, que “teriam visto a ação de Deus há milênios atrás”. No mínimo, um tremendo engano e, bem no máximo, uma tamanha pretensão.

Como um pouco de chá, canja de galinha e de estudo bíblico não faz mal a ninguém, vamos tentar desatar este nó.

O Templo, em todas as suas propriedades, é dotado de particularidades específicas. A primeira delas é o que tange o local que o Templo deveria ser construído. Em 1Cr 21.16-18, o Anjo do Senhor aparece a Davi e indica o lugar da construção do altar, neste caso a “…eira de Ornã” (ou Arauna). Esta era uma planície dedicada à secagem de grãos que ficava no Monte Moriá, em Jerusalém. Foi neste lugar que Salomão construiu, em sete anos, o Templo (2Cr 3.1). Este local foi o mesmo onde o Senhor providenciou um cordeiro quando Abraão iria sacrificar Isaque (um dos tipo de Cristo mais forte da Bíblia) e onde o próprio Jesus foi entregue para ser morto.

O Templo que Salomão construiu foi destruído totalmente em 587 a.C., pelos babilônios (2Rs 25.8-17). Foi reconstruído, vejam bem, no mesmo local, por ordem do rei Ciro, e supostamente ampliado por Herodes, nos tempos de Jesus. Não há o menor embasamento bíblico uma reconstrução do Templo ocorrer em um lugar que não seja o Monte Moriá, tanto que hoje existem em Israel várias organizações lutando e se preparando para a reconstrução do terceiro Templo em Jerusalém, como o Instituto do Templo e o Movimento de Fé do Monte do Templo e da Terra de Israel.

Outro ponto importante é que o próprio Deus, quando da consagração do Templo de Salomão, garantiu ao próprio rei filho de Davi, que Seu Nome estaria para sempre com aquele lugar (ver. 1Rs 9.3). Como Deus não mente (Ex 20.16), o nome de Deus estará sempre ligado ao Templo em Jerusalém.

A última e, acredito que para nós cristãos, mais importante questão está relacionada com a morte de Jesus.  Como a Bíblia relata em Mt 27.51; Mc 15.38 e Lc 23.45, no momento da morte de Cristo o véu do Templo rasgou de cima abaixo. Este ato não mostrou a nós somente que a partir daquele momento teríamos acesso direto ao pai, por meio de Jesus, mas que a infinitude de Deus não estaria restringida a um lugar construído por mãos humanas. Desde que Jesus subiu aos céus, e a Igreja recebeu o Espírito Santo, temos Deus habitando dentro de nós, crentes fiéis em Jesus Cristo. E o que isso tem haver com o Templo? Muita coisa, e a principal delas é que o Templo tinha uma função cerimonial na relação de Deus com os homens, pois era lá que os pecados do povo eram expiados. Assim sendo, todos que tinham seus pecados expiados por sacrifícios e ofertas oferecidos no Templo, podiam permanecer justificados perante Deus. Jesus veio e ofereceu-se como sacrifício perfeito e eterno, para nos apresentarmos livres de pecado perante o Pai. Portanto, hoje um Templo não teria a menor serventia e não faria o menor sentido.

Infelizmente muitos acreditam que algumas pedras de Israel têm mais presença de Deus do que outras coisas. A grande verdade é que Deus não está nas coisas, mas sim ao nosso lado, na nossa vida, a fim de cuidar de nós, como Seus filhos amados. Que vivamos intensamente esta verdade!

Deus o abençoe,

Fabio Marchiori Machado

Ficha técnica

1. Dicionário da Bíblia – John D. Davis – Casa Publicadora Batista

2. Terra de Deus – O. Palmer Robertson – Ed. Cultura Cristã

3. Bíblia de Estudo Almeida Atualizada

4. Dicionário Bíblico Almeida – SBB

5. Bíblia Thampson

http://www.servosdejave.org.br/o_templo_de_deus.htm – acessado em 15/08/2010

http://www.templeinstitute.org – acessado em 15/08/2010

http://www.templemountfaithful.org – acessado em 15/08/2010

http://www.wikipedia.com

http://www.estadao.com.br


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 pensamentos em “Templo de Salomão? Aqui no Brasil?

  • Joel

    Já que o intuito da construção do templo já está totalmente equivocado, quem sabe o bispão não libera a dita construção para abertura da copa do mundo.

  • Leandro Serafim

    Será que vai ter ala dos gentios? precisa levar algo para sacrifício?
    Em um artigo que eu li no jornal da IURD fala de altar em 3d, iluminação oculta outras coisas.
    É um investimento alto, espero que se concretizado os fieis entendam que esta obra é só mais uma obra, como o drive-thru de oração na domingos de Moraes, que também pertence a IURD.
    As pedras serão importadas ou já estão sendo importadas?

    • Fabio Marchiori Autor do post

      Olá Leandro. Muito obrigado pela sua colaboração (sempre pertinente neste espaço). Infelizment,e muitos evangélicos estão vendo neste novo templo mais do que um simples prédio. Por isso do nosso artigo, pára alertar que será um simples prédio, e só. Quanto as pedras, eles já importaram. Calcula-se que gastaram algo em torno de R$ 4 milhões (numeros extra-oficiais).

      Deus o abençoe.

      Fabio

  • Bispo Sidney

    Também não me importo o que as pessoas fazem com suas vidas ou com seu dinheiro, Ou o que vão comprar ou construir fico pensando o que estará por trais de tudo isso, afinal diz um certo ditado quem vê cara não vê coração. Uns anos precisamente 13 anos acordei lá pelas 03:00 da madrugado tocado por Deus. Eu senti de ligar a televisão e vi o Bispo Macedo dizendo que o povo não precisaria ir mais para Israel, mais que o mundo viria até o Brasil para adorar a Deus, claro achei no dia uma baita heresia, todos nos sabemos onde é o local escolhido por Deus para adoração, espero que esse suposto templo não seja o começo de algo que me assusta. abraços Obs não pude gravar a palavra do bispo.

    • Fabio Marchiori Autor do post

      Olá Bispo Sidney.

      Muito obrigado pela sua colaboração. Faço coro a sua preocupação, pois muitas pessoas estão enxergando esta tal “transferência” de lugar do Templo como verdadeira. Graças ao Senhor, que nos enviou Seu filho, Jesus, para que pudéssemos adorar ao Pai, independente de local.

      Continue nos visitando.

      Deus o abençoe.

      Fabio.

  • jorge

    O que me espanta é a quantidade de dinheiro gasto com essa obra Herodiana e o que está sendo gasto com a modernização da TV Record, num País onde mais de 90% da população é carente.
    Mudei minha concepção sobre a Igreja, quando participei do culto no estádio do Morumbi a alguns anos atrás.
    O povo não merece mais exploração!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Desculpem!

    • Fabio Marchiori Autor do post

      Olá Jorge. Muito obrigado pela sua participação no BereiaBlog. Entendo a sua colocação e até certo ponto concordo com ela. Só peço que vc não coloque todo mundo “dentro de um mesmo saco”. Existe uma diferença entre Igreja e instituições. Ser Igreja é algo muito diferente que algumas denominações estão fazendo hj. Existem muitas pessoas hj que estão sendo Igreja como diz a Bíblia no sertão nordestino, na Africa, na Ásia, nas periferias das grandes cidades do Brasil e da América Latina, mas infelizmente isso não aparece, não dá ibope.

      Convido vc a ler nosso artigo que versa sobre o tema: Eu quero ser Igreja e não membro de uma instituição. (clique aqui para ver o texto)

      Deus o abençoe.

      Fabio Marchiori